Me Blogando

Dica de filme: Espartalhões

Olá, caros leitores! Como foi o final de semana de vocês, amigos? Espero que tenha sido bom!

O meu foi legal, aproveitei para ir ao cinema com a patroa. Fomos ver um tal de Espartalhões, que eu nem mesmo sabia que existia. O filme segue a mesma linha de Todo mundo em Pânico, talvez porque os autores sejam os mesmos. Dessa vez, pegaram para Cristo o filme 300, e apresentam um exército espartano um tanto quanto “alegre”, se é que vocês me entendem. Também aproveitam para tirar um sarro de programas de TV como American Idol e Deal or no deal, alguns filmes como Homem-Aranha 3 e Transformers, e até do game Grand Theft Auto: San Andreas.
O Imperador Xerxes, que foi interpretado por Rodrigo Santoro na versão original, dessa vez é feito por um gordo muito engraçado, aparentemente satirizando o falecido Saddam.

Como não podia deixar de ser, passou o trailer do Homem de Ferro, dessa vez dublado. Aquele filme promete muito, e com certeza eu vou assistir. Estréia dia 30/04.
E na semana que vem, creio eu, estréia um filme de um tal de Homem Libélula, sátira descarada do Homem Aranha, mas que me fez rir muito no trailer. Também vou assistir. Por enquanto, fica recomendado aqui, Espartalhões.
Quem assistir, ou assistiu, diga o que achou!

Abraços amigos!!!

segunda-feira, 14 abril 2008 Posted by | Geral | 2 Comentários

Brasil vs. Internet

Olá pessoal! Desculpem-me pelo meu desaparecimento. Como eu comentei, estou em época de provas na faculdade, que finalmente vai se encerrar hoje. Última prova do bimestre, e para quem quiser saber eu fui muito bem em todas até agora.
Também estou em processo de migração. Migrando de estagiário para desempregado, já que meu contrato está próximo do fim. Bom, problemas à parte, explicaçãos dadas, vamos ao assunto do post.

Enquanto escrevia esse post, li outras notícias que vão render um belo artigo, que vou publicar logo para me redimir da minha ausência.

Bom, agora sim, o assunto:
A justiça brasileira (?) teve uma atitude que eu considerei extremamente competente ontém. Mas, como dizem, alegria de pobre dura pouco, e então eu vi uma segunda notícia, com uma atitude que demonstra a total falta de preparo do nosso poder judiciário para lidar com questões tecnológicas.

A boa atitude é que ontém a justiça exigiu a quebra de sigilo do Orkut, devido aos vários casos de denúncia de pedofilia. Além de rede social, o Orkut é uma “favela virtual” (coincidentemente, as favelas do Rio vêm sendo chamadas de “comunidades”). O serviço também é usado como uma possante ferramenta para fuçar a vida dos outros, e também é um ótimo lugar para se compartilhar fotos de pornografia infantil, pois possui uma função onde o usuário bloqueia seus álbuns, scraps, depoimentos e outros conteúdos, que ficam visíveis apenas para seus amigos adicionados. Ou seja, não tem como qualquer pessoa fazer uma denúncia, e nem como as autoridades descobrirem as atrocidades.
Com essa quebra de sigilo, a justiça terá acesso a esses álbuns, e poderá pegar muitos desses lixos que cometem esse tipo de crime. E ainda foi dito que, se o Google não colaborar, poderão fechar o Orkut, o que não seria nada mal. Parabéns por essa decisão. Antes tarde do que nunca.

Agora, a segunda notícia:
A justiça brasileira (de novo ela) condenou o Google (de novo ele) a pagar uma indenização de R$10.000,00 a uma mulher que foi ofendida em uma comunidade no Orkut (outra vez esse também). A mulher é chamada de “caloteira” pelos usuários, logo, não deve ser sem motivo. Se a mulher quisesse processar os autores dos comentários realmente seria uma causa até justa. Porém, processar o Google é ridículo. Quer dizer que se eu estiver numa sala de bate-papo do  UOL e for ofendido pelos outros usuários, devo processar  o UOL? Nossa, isso realmente não é uma notícia tão ruim. Analisando dessa forma, já posso parar de trabalhar com calma e passar a viver de indenizações.
A justiça foi ridícula, aceitou mais um caso onde uma pessoa quer se aproveitar de uma grande empresa.

E parece que agora a vítima é o WordPress. Por culpa de 1 blog, estão ameaçando bloquear o acesso ao serviço e aos blogs hospedados nele (como o meu, por exemplo).

A minha sugestão é que a inclusão digital comece nas autoridades, porque estão reprovados em termos de tecnologia da informação. Assim como em qualquer outra coisa.

quinta-feira, 10 abril 2008 Posted by | Tecnologia | Deixe um comentário

Jornal Déjà vu: Pensa que ja viu? Impressão sua!

Depois dizem que a mídia não controla a opinião pública. A verdade é que hoje em dia a mídia tem um poder de influência quase tão grande ao que a Igreja tinha nos tempos antigos (com a pequena diferença que a mídia não caça ou queima aqueles que discordam dela). Basta reparar os assuntos que os jornais estão enfatizando.
Há alguns meses, não se falava em outra coisa senão na violência do Rio de Janeiro. Depois, o assunto virou aquele lunático que dirigiu não lembro quantos quilômetros na contra-mão até dar com o focinho num caminhão e morrer. No último mês, a celebridade foi o mosquito da dengue, que enterrou mais de 50 pessoas. Agora só se fala da pequena Isabella que foi jogada da janela do prédio onde foi visitar o pai.

Veja bem, não estou menosprezando os casos. Não somos ovos mas todos ficamos chocados com esses fatos, e justamente pela importância desses casos é que a mídia deveria ser menos sensacionalista e aproveitadora e fazer o jornalismo sério, e não apelativo. Vemos alguns “jornais”, como o da Record, que vão do início ao fim do programa falando de um único assunto. O apresentador insiste em falar as mesmas coisas repetidamente, mostrar as mesmas cenas repetidamente, e, vez ou outra, há uma entrevista. Tratam como se fosse o caso do ano. Se no dia seguinte acontecer algo marcante (de preferência uma tragédia), todos esquecerão a pequena Isabella.
O resultado é que, se nos ligarmos nesse tipo de jornalismo, no final do ano o caso que acharemos mais marcante será o último que foi transmitido. Não teremos uma opinião a respeito dos fatos, afinal, o que importa é a notícia mais atual, que dá audiência para as emissoras.

Não vou comentar o caso da garota. Foi marcante, revoltante, mas me abstenho de opinar. Tudo relacionado a isso já foi dito na TV. Milhões de vezes.

sexta-feira, 4 abril 2008 Posted by | Geral | Deixe um comentário

Satisfações

Olá amigos! Desculpem pela ausência, é que está um pouco complicado esses dias. Está muito corrido no trabalho, e mesmo com internet em casa, estou também correndo com provas, trabalhos, listas de exercício… tá um sufoco. Mas eu não abandonei o blog, e vou tentar postar sempre que possível.
Conto com a compreensão de vocês! 

*UPDATE*: Hoje é 01 de abril mas não é mentira!

terça-feira, 1 abril 2008 Posted by | Geral | 1 comentário

Brasil, mostra a sua cara, sem vergonha!

O que eu acho mais engraçado nos políticos é que eles não fazem a menor questão de mudar a má fama que eles têm. Mais que isso, além de não tentar mudar a fama eles ainda reforçam o pensamento popular de que político não faz nada.

Foi divulgado hoje que os deputados do Piauí estão questionando a vitória do emo Rafinha, no Big Brother Brasil 8. Eles questionam a Rede Globo alegando que é impossível haver empate entre mais de 70 milhões de votos. Eles então aprovaram a proposta do deputado Warton dos Santos para solicitar à TV Globo explicações. Ele ainda soltou a frase:

“Não é possível que em mais de 70 milhões de votos exista empate. Estamos aqui para defender a Gyselle de todo jeito.”

Portanto, meus amigos, se você mora no Piauí eu vos invejo. Queria eu morar num estado que não tivesse problemas como fome, doenças, criminalidade, miséria, poluição, e que além disso ainda estivesse fora do quecimento global assim como o Piauí. Sim, pois, o Piauí não tem nenhum tipo de problema, já que os deputados do estado estão aí para defender a Gyselle, que, pobrezinha, vivia na França, um país extremamente pobre, onde ela tinha que se rebaixar a ser capa de revista como modelo, se humilhou gravando clipes para a MTV, e com certeza não vai ganhar quase nada posando para a Playboy. Pobre Gyselle, não é, senhor Warton dos Santos?

Agora, falando sem ironias, é uma bela falta de vergonha na cara uma pessoa que deveria cuidar das necessidades da população ir à imprensa e falar uma big merda dessas. Tanta gente precisando de coisas importantes e os safados preocupados porquê a Gyselle não ganhou o milhão do BBB. Acham que a TV Globo roubou no resultado? Foda-se! Vocês fazem pior com o povo brasileiro. Acham que ela vai gastar algum centavo do que ela ganhou (ou poderia ter ganhado) com o estado do Piauí? Estejam certos de que ela vai é pra Europa, viajar e talvez até voltar a morar por lá! Bando de idiotas!
Melhorias no sistema de saúde, assistência para as pessoas necessitadas e educação deveriam ser as prioridades desses descarados.
Como diz meu professor de matemática, o mais triste é que eles ganham mais que nós.

Parabéns ao povo brasileiro. Esse é o tipo de gente que vocês escolheram para cuidar dos interesses do povo. Continuem vendendo seus votos em troca de camisetas, canetas e dentaduras e verão onde o nosso país vai parar.

quinta-feira, 27 março 2008 Posted by | Geral | 3 Comentários

Coisas que não entendo

Eu sempre tive uma vontade enorme de abrir um negócio (no bom sentido). Essa idéia vem martelando na minha cabeça há algum tempo, mas eu tenho um certo medo. Embora não falte vontade, falta experiência e confiança para administrar algo que com certeza exige um investimento inicial que nunca é pouco. Mas um dia eu tomo coragem e conquisto essa independência.

Porém, tem gente que chega lá, monta a própria empresa, MAS… não sabe administrar.
Sei que eu não sou formado em administração e muito menos tenho experiência em administrar uma empresa, porém existem coisas que até um pagodeiro sabe que… quer dizer, até uma pedra sabe que não se deve fazer. Vou exemplificar:
Vinha eu nessa segunda-feira pela manhã voltando da casa da patroa quando notei que a Parati velha e acabada que estava na minha frente pertencia à uma empresa de comunicação visual chamada Alternativa. Começou errado aí! Uma empresa de comunicação visual deve, obviamente, se apresentar bem.
Não bastando a Parati estar parecendo uma lata de sardinha, abaixo do vidro traseiro, no qual tinha um outro adesivo com o nome e telefone da empresa, havia um outro adesivo escrito “Corno é assim mesmo! Lê tudo que vê!”, e um outro ainda com algo escrito relacionado à cachaça, mas não lembro exatamente o que dizia.

Agora me diga você, pessoa comum que não administra nem seu dinheiro direito: Você contrataria os serviços de uma empresa que lhe mandasse um representante em um veículo nessas condições? Se você tiver algo que lembre um cérebro dentro da cabeça com certeza você não contrataria.

O mais difícil é saber que a pessoa investe uma grana para abrir uma empresa e deixa chegar numa situação como essa. E eu sem dinheiro para colocar qualquer idéia em prática e ainda à beira do desemprego. Doações em dinheiro, e sugestões de vagas de emprego em empresas da região são bem vindas.

terça-feira, 25 março 2008 Posted by | Geral | 1 comentário

Boas notícias

Agora sim, pessoal! Finalmente estou com internet no meu quarto! Não dependo mais de estar no serviço para postar alguma coisa. Até porque o meu tempo de estágio já está terminando, e eu estou em busca de um novo emprego.Bom, para marcar a minha volta à internet no meu quarto, estou fazendo esse post pelo Safari 3.1. Para quem não conhece, o Safari é o navegador encontrado no sistema operacional da Apple. Com algumas diferenças, claro. Por exemplo, os bugs que existem na versão para Windows, ainda em testes. Até o momento, o único defeito que encontrei é a exibição de alguns itens, porém nada desesperador. É um navegador de interface bonita, simples e intuitiva, ou seja, a cara da Apple.

   

Um dos bugs encontrados por mim

Outro bug que descobri escrevendo esse post é que o comando Shift+Enter (para quebra de linha simples) não funciona no Safari.Bom, o navegador ainda está em fase testes, e não está à altura de competir com o Firefox, o Opera ou o próprio Internet Explorer no Windows. Porém, se ele atingir no sistema da Microsoft a estabilidade e eficiência que tem nos sistemas Mac, vai com certeza brigar de igual para igual com os grandes nomes. 

terça-feira, 25 março 2008 Posted by | Geral, Tecnologia | Deixe um comentário

Para minha tristeza, a alegria da criançada…

Ontém foi dia de show em São Paulo. E, mais uma vez, de gente que eu não admiro. O rapper que não faz sucesso com rap Sean Kingston, má influência musical ídolo das crianças e adolescentes que ainda não sabem o que querem da vida, se apresentou no Via Funchal para 4.000 pessoas (que se juntar todas não da 2.000).
Ele cantou suas canções esquisitas com seu sotaque estranho e as crianças adoraram.
Ninguém pediu, mas eu vou dar a minha opinião:
Criança gosta de tudo que é porcaria. Criança gosta do Créu, gosta do NX Zero, e gosta do Sean Kingston. Perceba o naipe dos gostos infantis atuais.

O Sean Kingston é um garoto também, está começando, mas eu diria que ele começou do jeito errado do ponto de vista moral, mas começou do jeito certo do ponto de vista comercial. Ele faz seu marketing, ele promove sua música e canta (não sei se cabe esse verbo nessa situação, mas…) o que o seu público quer ouvir, mesmo que a maioria, pelo menos dos brasileiros, não entenda patavinas do que ele fala. Aliás, ele e o Scooby-Doo falando inglês, para mim é a mesma coisa.

Mas do ponto de vista moral, ele  caga e senta em cima. Quer uma prova? Ele está dando um show para 4.000  pessoas,  a maioria crianças e adolescentes,  e diz que está a procura de uma garota para passar a noite, obviamente instigando no seu público algo que não é compatível com a idade de boa parte dele.
Ele que vá passar a noite com a senhora mãe dele, que diga-se de passagem, foi presa quando ele tinha 10 anos (belo exemplo). Se eu estivesse lá eu tiraria o sapato e, com precisão cirúrgica, faria um lançamento e acertaria a quina da sola no meio da testa dele. Maus exemplos desse tipo as crianças já tem vários na TV, não precisam de mais um. Mentira, eu não faria isso. Se eu estivesse lá, estaria com mãos e pés amarrados.

Bem, o fato se resume à: Sean Kingston é um lixo, assim com a sua música e seus exemplos.
E digo que caberia dizer a ele uma frase que eu adoro, e que acho muito pertinente ser dita para pseudo-artistas: “Silence!!! I kill you!!!” – Achmed

quinta-feira, 20 março 2008 Posted by | Geral | 1 comentário

Data especial!

Bom dia, amigos leitores!
Bom, hoje eu vou começar o dia dando os parabéns para o meu pai! Mesmo ele nem sabendo da existência do meu blog, quero deixar registrado aqui que ele é o meu herói, e sem ele eu não seria nada!

Parabéns pai!!!

quinta-feira, 20 março 2008 Posted by | Geral | Deixe um comentário

Nada melhor que o reconhecimento

Não tem nada melhor do que alguém lhe estimular a fazer algo que você gosta. Por isso, eu agradeço a todos que visitam o meu blog e valorizam os meus posts. E um agradecimento especial à Carlene Torres pelo presente, o selo Yin Yang.
Esse selo tem como objetivo analisar os blogs que possuem as duas forças, Yin e Yang.

yinyang.jpg

Bom, então eu gostaria de indicar alguns blogs que eu costumo ler para esse prêmio também. Eles são:
Super Brush
Tom Irônico
Os outros blogs interessantes que tenho aqui já possuem o selo, então não há necessidade de indicá-los.

Carlene, muito obrigado pela indicação, vou manter os prêmios na sidebar!

Abraços!!

quarta-feira, 19 março 2008 Posted by | Geral | 3 Comentários

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.