Me Blogando

Dependência tecnológica: doença do século XXI?

Bom dia, caros leitores. Espero que sua manhã esteja melhor que a minha. Logo cedo já tomei uma fechada na Anhanguera de um carro de placa “DIE-XXXX”. Não sei se eu sou paranóico, mas entendi isso como uma ameaça a minha integridade física, considerando que “DIE” significa “morra” em inglês. Quem sabe…

Mas o que eu quero dizer hoje é que vou começar a desenvolver mais meus próprios artigos, sem me basear muito nas notícias que encontro. O motivo disso? Simples! Desenvolver a arte de escrever e dar liberdade à mente, sendo essa última a mais importante. E para começar, vou falar sobre a dependência tecnológica.

A tecnologia vem se desenvolvendo de forma extremamente rápida. Coisas que há alguns anos acreditavamos que levariam décadas para serem reais, atualmente são comuns e tudo caminha rumo à miniaturização. Tudo vem diminuindo, menos a vontade do homem de criar cada vez mais novas tecnologias.
E de que forma isso interfere em nossa vida? Um exemplo: você provavelmente possui um telefone celular. Lembra do tamanho dos celulares há uns 10 anos atrás? Eram gigantes. Mas consideravamos aquilo um grande passo,  realmente foi.

Mas tudo isso traz também um problema para nós. Acostumados cada vez mais a termos comunicação com qualquer pessoa, em qualquer lugar que ela esteja, de qualquer lugar onde estejamos, seja por telefone, SMS, e-mail ou mensagens instantâneas (como o MSN), num momento que ficamos privados desses recursos nos sentimos isolados do mundo, ficamos incomodados. Essa é uma das consequências da dependência tecnológica.
Outro exemplo da dependência tecnológica é visto em empresas. Com informações guardadas em grandes bancos de dados, a busca por essas informações é rápida e fácil, e a segurança do manuseio é maior que documentos em papel. Porém, um problema grave poderia parar uma empresa q fazê-la perder muito dinheiro. Sendo assim, não só existe a dependência em relação ao acesso aos dados e informações vitais para o funcionamento da empresa, mas também a dependência em relação às medidas de segurança da informação, que hoje é muito forte e bem eficiente.

Tendo em mente que a miniaturização é uma tendência, na mesma proporção vai crescer a nossa dependência. Hoje já podemos controlar até a geladeira via celular, então cada vez mais vamos depender da comodidade, e fazer alguma coisa manualmente vai ser considerado cada vez mais primitivo.

Uma empresa não sobrevive sem computadores, telefones ou internet. Da mesma forma, nós ficamos perdidos sem nossos celulares, notebooks, internet. Por isso, estamos cada vez mais diminuindo a comunicação cara-a-cara. Com a facilidade de se comprar pela internet, vamos menos às lojas. Com e-mail, telefone e messengers, vamos menos à casa de amigos ou parentes para bater um papo. Precisamos equilibrar o uso da tecnologia e manter alguns hábitos como eles são, pois essa dependência da tecnologia pode, em casos mais extremos, retardar o desenvolvimento pessoal.

Anúncios

terça-feira, 18 março 2008 - Posted by | Tecnologia

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: