Me Blogando

Final de semana, música ruim e malas à solta!

Olá caros leitores. Eis que mais uma semana começou. Espero que tenham tido um ótimo final de semana.
Final de semana, aliás, é o tema deste post. Final de semana é quando a gente descansa do stress da semana, do trabalho, da faculdade, etc. E o mais comum no final de semana é a balada. E eu, como todo bom ser humano, tenho direito a uma balada de vez em quando com a patroa. Nesse sábado resolvemos ir a um lugar novo, com mais alguns amigos. Fomos até a Pepis, uma pizzaria que de um lado é normal, e do outro lado é uma baladinha sossegada, com mesas, balcão, e banda ao vivo. O lugar é legal, mas…

Bom, vou dizer o que me agradou e o que não agradou. O lugar tem um bom ambiente, apesar de pequeno. Haviam mesas, onde as pessoas ficavam curtindo o som do lugar e bebendo, ou comendo alguma coisinha, e havia também o balcão do bar e um balcão estreito paralelo ao do bar, onde as pessoas que assim como eu não conseguiram uma mesa, ficavam bebendo e conversando com os amigos. Nenhum problema até aqui. E o melhor, me falaram que a banda iria tocar rock. Eu estava animadíssimo.
Bem, estando eu lá, com o pessoal, bebendo minha primeira cerveja da noite, eis que a banda entrou. O vocalista era um cabeludo, e eu vi quando ele amarrou uma faixa na cabeça, ficando no estilo Axl Rose. Na hora pensei: “Legal, vão tocar Guns!!”. Quase isso. A primeira música foi do Oasis. Depois eles tocaram U2. Tudo bem, são bons sons. Porém a esperança de rock acabou por aí. Depois de U2 a banda começou a cagar. Tocaram Skank (puro lixo), Jota Quest (puro lixo)², Cassia Eller (aquela maldita música que a mulher devia ter levado junto com ela pra cova), Jamil e uma noites (acho que é isso), e tocaram também Axé. Eclética a banda, certo? Pois eu vou lhes dizer uma coisa: ECLÉTICO É O CARALHO!!!
A definição para Eclético, segundo o MEU dicionário é:

ECLÉTICO: port. fdp. (1)Infeliz indeciso que vai na onda de qualquer um. (2)Filho da puta que não sabe que rumo tomar na vida, então vai em todos; Possível futuro usuário de drogas pois com certeza vai aceitar quando um “amigo” disser que é legal.

Desculpem-me os que se consideram ecléticos, mas eu acho patético que um mocorongo daquele se fantasie de uma figura considerável do Rock e saia tocando até axé. Mas pra não ficar tão feio eles tocara uma música do Guns, apesar de o vocalista não saber direito a letra da música.

Bom, agora que eu já fiz a propaganda da banda, vou voltar a falar do lugar. A essa altura eu já estava achando o lugar uma merda. Eu já estava em pé fazia umas 2 horas, estava ficando apertado porque tinha gente brotando do chão, e pra ficar mais gostoso, um cidadão folgado pra caralho, junto com um amigo dele careca, gordinho de brinco na orelha, que aparentava seus 35, 40 anos, e com a maior cara de loser que já vi na vida, chegou e colocou no balcão, entre mim e minha namorada, uma merda de um balde com 3 garrafas de cerveja, e falou que já iria tirar de lá. Como eu sou uma pessoa gentil, aceitei, acreditando que ele iria tirar enquanto limpavam o balcão ou uma mesa. Ledo engano. O cretino simplesmente ficou usando o balcão, tomando as cervejas, se servindo e eu de um lado do balde e minha namorada do outro. Não contente em ser um perfeito idiota, ainda o loser careca esbarrou duas vezes na minha namorada, e eu percebi que deram risada. Então percebi que estava na hora de eu tomar alguma atitude.
Apesar de um pouco alcoolizado, pensei: “Não posso arrumar briga aqui que vai ficar feio. Tenho que ser discreto.” Como era aniversário do namorado da prima da minha namorada, eu não podia arrumar uma briga. Então eu fui ao lado da minha namorada, e dei um tapa no balde. O balcão estava molhado e o balde foi deslizando e até a beirada, quase caiu, mas parou. Entao pedi para minha namorada ir para o lado e eu fiquei onde ela estava. Os cabeça-de-bagre não me viram, pois estavam ocupados rindo ridiculamente de sei la o que. Então, o loser esbarrou em mim. Na mesma hora eu, que estava apoiado no balcão, fiquei de pé e fiz um movimento brusco com o cotovelo para trás, e acertei bem no braço que ele segurava a cerveja. Pelo que ouvi em seguida, ele derramou cerveja, e espero que tenha sido na calça. Fiquei ali mais um tempo, e a cada encostada que ele dava em mim, ele tomava um esbarrão. Finalmente, escutei o amigo dele falando que “quem ta estressado tem que ficar em casa” e percebi que aquilo era pra mim, principalmente porque eu não estava com cara de muitos amigos. Bom, minutos depois eles pegaram o balde, agradeceram e sairam de lá. Pra mim já estava um saco mesmo.

Bom, resumindo, o lugar é bom, mas como todo lugar, tem uns malas que conseguem tirar nosso humor. E quanto a banda… bem, é igual a qualquer outra bandinha que já vi por aí.

Anúncios

segunda-feira, 3 março 2008 - Posted by | Geral

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: